Coronavírus

Fisioterapia da UniAvan oferece atendimento para profissionais de saúde que trabalham no enfrentamento ao coronavírus

Posted by | Geral, Saúde | No Comments

Sessões gratuitas com técnicas como massoterapia e reike visam restabelecer tensões acumuladas nas jornadas de trabalho.

Em uma iniciativa inédita, o curso de Fisioterapia do Centro Universitário Avantis – UniAvan está abrindo as clínicas para atender profissionais de saúde que estão atuando em ambiente hospitalar durante a pandemia do covid-19. Os atendimentos serão gratuitos e os interessados podem entrar em contato diretamente com a UniAvan para garantir uma vaga.

O intuito das sessões, realizadas por acadêmicos do 10º período do curso com supervisão de professores de área, é oferecer práticas relaxantes, visando restabelecer as tensões acumuladas durante as jornadas de trabalho na pandemia. Serão ofertados quick massage, auriculoterapia, reflexologia, alongamentos, meditação, reike, massoterapia, acupuntura e aromaterapia, além de técnicas de relaxamento para controlar a respiração e a musculatura dos profissionais.  Os atendimentos serão realizados nas segundas e quartas-feiras, das 19h30 às 20h15 e das 20h30 às 21h15.

Segundo a coordenadora do curso de Fisioterapia, Sabrina Weiss Sties, a clínica irá oferecer serviços que envolvem práticas integrativas para levar relaxamento e tranquilidade aos profissionais. “Vimos a necessidade de atender esses profissionais que estão na linha de frente e passando por diversos desafios, em relação à jornada de trabalho, ao grande número de pacientes acometidos pela covid e toda essa situação da pandemia. Isso causa, de certa forma, um estresse psicológico e físico e queremos contribuir para que eles possam continuar trabalhando e atendendo os pacientes da melhor forma possível e com qualidade de vida”, ressalta.

Os interessados devem entrar em contato pelo WhatsApp: (47) 99970-0413 ou pelo e-mail: atendimentos.fisioterapia@uniavan.edu.br.

 

Sebrae/SC aumenta para 70% o subsídio em consultorias em tecnologia e inovação do Sebraetec

Posted by | Empresarial | No Comments

A iniciativa busca auxiliar as pequenas empresas com soluções inovadoras neste momento de crise

Neste momento em que o mundo enfrenta uma crise sem precedentes, o Sebrae/SC promove uma série de iniciativas para auxiliar os pequenos negócios catarinenses a passarem por esse período. Uma delas é o anúncio de que a instituição aumentou de 60 para 70% o valor do subsídio em consultorias especializadas do Sebraetec.
Por meio do programa, o Sebrae/SC entende a realidade da empresa, identifica quais processos tecnológicos ela precisa implantar ou aperfeiçoar, e a conecta a um prestador de serviços especializado em atender a demanda. O pagamento é dividido entre o Sebrae e a empresa, sendo que o Sebrae/SC paga 70% e a empresa os 30% restantes.
“O nosso objetivo é garantir subsídios para as empresas para que elas se preparem para enfrentar essa crise. Muitas vão precisar aperfeiçoar o seus processos produtivos, outras terão que implementar novas tecnologias e serviços. Por isso, o Sebrae/SC aumentou os recursos financeiros destinados para esse projeto, afim de apoiar os pequenos negócios neste momento”, comenta o Gerente de Inovação do Sebrae/SC, Jefferson Bueno.
As consultorias especializadas do Sebraetec promovem a melhoria de processos, produtos e serviços ou a introdução de inovações nas empresas e mercados. O objetivo é fortalecer a capacidade competitiva dos pequenos negócios, estimulando a transferência de tecnologia entre instituições e empresas para que elas possam superar limitações e barreiras tecnológicas e estar incluídas em processos de inovação e tecnologia.
O Sebraetec disponibiliza serviços para adequação à legislação, redução de custos e conquistas de novos mercados, tais como serviços metrológicos para ensaios e calibrações, prototipagem de produtos, certificações de produtos e serviços, consultorias para melhorias de processos, adequação à normas técnicas, design de comunicação para buscar novos clientes, programas de saúde e segurança no trabalho, eficiência energética, dentre outros.
Os pequenos negócios interessados devem entrar em contato com o Sebrae/SC por meio do sebrae.sc/sebraetec

UniAvan desenvolve máscaras de proteção contra o Coronavírus utilizando impressora 3D

Posted by | Educação | No Comments
O Centro Universitário Avantis – UniAvan está desenvolvendo máscaras de proteção respiratória no modelo “Face Shield”, utilizando a impressão digital em 3D. O material será doado para instituições e profissionais que estão na linha de frente no combate ao Coronavírus (Covid-19), que precisam de uma proteção reforçada. O primeiro protótipo do equipamento foi confeccionado pelos acadêmicos do curso de Engenharia Mecânica no fim de março. Ao todo serão produzidas  mais de 100 máscaras. A ação conta com a supervisão do Gerente de Inovação Cassiano Canheti, do Prof. do curso de Engenharia Mecânica Dr. Júlio Cesar Berndsen e a participação da Prof. Drª Sabrina Weiss Sties, Coordenadora do Curso de Fisioterapia.
Para a confecção das máscaras foram utilizados três materiais básicos, sendo eles: suportes pela impressora 3D utilizando polímero láctico (PLA), o visor de acetato transparente cortado na CNC Laser e o elástico de 10 mm para fixar a máscara na cabeça do usuário. O acetato utilizado no desenvolvimento das máscaras foi doado, inicialmente, pela empresa Gayplas, do município de Itajaí e depois adquirido com recursos da instituição. Segundo o Gerente de Inovação, Cassiano Canheti, o projeto é realizado em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) que também está realizando a confecção dos produtos. “O Inova UniAvan montou um guia para construção da máscara com base nos estudos da UFSC, contendo blue prints”, explicou.
De acordo com o Professor do Curso de Engenharia Mecânica, Dr. Julio Cesar Berndsen, o protótipo construído é regulamentado pela Anvisa e já está sendo produzido em diversas cidades do Brasil. “A Engenharia Mecânica da Uniavan trabalhou em produzir o melhor protótipo possível levando em consideração as condições encontradas no município e região, para assim ajudar ao máximo os profissionais da saúde na luta contra o Covid-19. Cada máscara leva em torno de 5 horas para ser produzida e nós iremos realizar estudos para aumentar essa produção”, destaca.
Para a Prof. Drª Sabrina Weiss Sties, o projeto foi pensado devido à escassez e a grande demanda dos profissionais. “No mercado existem diversos tipos de máscaras e a parte do visor é muito dura e machuca o rosto dos profissionais que estão com carga excessiva de trabalho nas UTIs dos hospitais da região. Por isso, entrei em contato com o Prof. Júlio para confeccionarmos uma máscara mais flexível, que não agrida os usuários e contribua com este trabalho”, finaliza.

Sebrae/SC identifica setores mais afetados pela crise do Coronavírus

Posted by | Empresarial | No Comments

Mapeamento do Sebrae/SC mostra que 74% dos pequenos negócios catarinenses estão sendo impactados pela pandemia

Santa Catarina tem um total 785.147 negócios formalizados, entre micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais. Desse número, 583.073 sofrerão diretamente os impactos decorridos do coronavírus, de acordo com um estudo realizado pelo Sebrae/SC. Esse número corresponde a 74% dos negócios. Os setores mais atingidos são: moda, varejo tradicional, alimentação fora do lar, construção civil, beleza, logística e transportes, e peças automotivas, que somam 475.285 empresas.

Preocupado com esse cenário, o Sebrae/SC age para prestar orientações práticas aos empresários e contribuir com a redução do impacto econômico da doença sobre as micro e pequenas empresas.

De acordo com o diretor superintendente do Sebrae/SC, Carlos Henrique Ramos Fonseca, estudar o impacto deste momento para as empresas catarinenses é o primeiro passo para começar a reverter essa crise. “Precisamos cuidar da sobrevivência dos pequenos negócios, já que são eles quem garantem a geração de emprego e têm maior capacidade de se adaptar e se reinventar para enfrentar este momento”, comenta Carlos Henrique.

 

Números da crise causada pelo coronavírus:

 

Dos 583.073 pequenos negócios impactados:

 

Por porte:

55% são MEI e 39% ME, ou seja, 94% de todos os pequenos negócios.

 

Os segmentos mais afetados:

Moda, Varejo Tradicional, Alimentação fora do Lar, Construção Civil, Beleza, Logística e Transportes, e Peças Automotivas totalizam 475.285 empresas representando 82% do total.

 

Por Setor de Atividade Econômica:

434.335 ou 74% são empresas prestadoras de serviços ou comércios.

 

Os serviços mais afetados são:

Alimentação fora do Lar com 67.793 empresas (11% das 583.073); logística e Transporte com 44.077 (7,5%) e, Beleza com 41.555 (7%).

 

Os ramos de comércio mais afetados são:

Varejo Tradicional com 94.325 pequenos negócios (16% das 583 mil), Moda com 58.675 empresas (10%) e, Peças Automotivas com 37.812 (6,5%).

BC Convention atua junto aos órgãos oficiais e cria ações para auxiliar o trade turístico durante pandemia do Coronavírus

Posted by | Empresarial, Turismo | No Comments
Com o intuito de buscar soluções para os turistas argentinos que estavam no município durante o início da pandemia do Coronavírus (Covid-19), o Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau, junto a prefeitura, apoiou os trâmites junto a aduana para repatriar argentinos que estavam alocados em Balneário Camboriú. A entidade também criou um canal de comunicação com representantes de 150 empresas associadas para repassar informações oficiais e segue trabalhando no reagendamento de todos os eventos do primeiro semestre relacionados ao mercado MICE para que permaneçam em Balneário Camboriú.  A entidade também pretende disponibilizar e trazer para os associados palestras online com orientações especificas do setor turístico e dicas para lidar com a crise econômica à cerca da pandemia.
A entidade também está em contato direto com o Conselho Estadual de Turismo e com a Santa Catarina Convention & Visitors Bureau, que está desenvolvendo pleitos que representam a classe turística. A Unedestinos – União Nacional de Convention & Visitors Bureau, entidade que representa o BC Convention a nível nacional, trabalha junto a outras entidades representativas nacionalmente, nas articulações com o Governo Federal a fim de minimizar toda crise econômica que o COVID-19 irá causar no país.
A articulação para retirada dos turistas argentinos contou ainda com o apoio da Defesa Civil do estado de Santa Catarina, Secretaria de Mobilidade Urbana e Secretaria de Segurança de Balneário Camboriú, da Secretaria de Turismo de BC e do Consulado da Argentina, para liberar o embarque para casa dos turistas que estavam hospedados nos hotéis do município. O BC Convention entrou em contato com o trade turístico e realizou um rápido levantamento da quantidade de turistas e seus respectivos destinos para agilizar todo o processo. “Nós saímos todos os dias para realizar esse serviço e temos todo o suporte do governo para manter esse transporte até o fim do mês. Caso precise esticar a demanda, colocaremos um ônibus por semana”, destaca o Administrador da Flecha Bus Transportes no Brasil, Gelson Roberto Chinelato.
A Diretora da Rede Sagres Hotéis, Aline Willemann Kremer, explica que a maior parte dos hóspedes nos três hotéis da rede eram de origem argentina. “Durante o tempo em que estiveram nos hotéis, nós nos preocupamos em mantê-los dentro dos apartamentos, disponibilizando quantidade maior de álcool em gel e reforçando a higienização das áreas comuns. Nós ficamos em constante conversa com o BC Convention para auxiliar a liberação dos hóspedes e repassar a quantidade de turistas que seriam transportados de volta aos seus destinos e a demanda necessária para liberação dos ônibus na aduana, para que eles saíssem o mais rápido possível. Eles saíram antes do checkout previsto para que todos pudessem ter a segurança como prioridade”, ressalta.
Nos próximos dias a entidade também pretende disponibilizar e trazer para os associados palestras online com orientações especificas do setor turístico e dicas para lidar com a crise econômica à cerca da pandemia, fechando parcerias com SEBRAE e outras instituições ou profissionais do mercado.
O Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau segue priorizando as necessidades dos seus associados e no canal de comunicação direta criado, repassando informações oficiais relacionadas à evolução do vírus covid-19, à parte econômica e de legislação. Durante o dia, diversas mensagens com informativos do Governo Municipal, Estadual e Federal são encaminhadas.
Segundo a Presidente do BC Convention, Margot Rosenbrock Libório, a cidade entendeu que era importante reduzir o ritmo, isolar as pessoas em seus domicílios e frear o vírus. “Toda esta integração entre os setores público e privado, nos ajuda na manutenção do número de casos aqui na região. O Prefeito Fabrício e o Governador Moisés foram muito corajosos. Esperamos que sigam tomando as melhores decisões, pois o momento é duro e totalmente inédito. Nós do Convention Bureau estamos nos reinventando. Os eventos captados serão encaixados em datas futuras e a promoção do destino terá uma importância fundamental no futuro de nossa Região Turística. Mais do que nunca, é preciso ser versátil e criativo. Vamos vencer este momento com união e muito trabalho”, salienta.
Texto: Bianca Pereira

Sebrae/SC realiza nova edição de webinar sobre como reduzir impactos da crise nos pequenos negócios nesta quinta-feira

Posted by | Empresarial | No Comments
Com o objetivo de auxiliar os pequenos negócios a lidarem com os prejuízos econômicos diante da pandemia do Coronavírus, o Sebrae/SC realizará nesta quinta-feira, 26, nova palestra online com o tema “Como reduzir os impactos da crise nos pequenos negócios”. O webinar é gratuito e acontecerá a partir das 10h. O evento será transmitido ao vivo pelas mídias sociais da entidade.
Durante a palestra serão abordados temas como Finanças, Créditos e legislação trabalhista. O evento será mediado pelo Diretor Técnico do Sebrae, Luc Pinheiro e terá a participação do Assessor Jurídico do Sebrae, Pedro Pirajá, do Consultor Especialista em Finanças, Airton Rigotto e do Presidente da Acif, Rodrigo Rossoni.
Os interessados podem se inscrever gratuitamente no link sebrae.sc/webinarimpactos2

Sebrae libera palestras do Startup Summit 2019 para passar a quarentena

Posted by | Empresarial | No Comments
Visando amenizar o avanço do Covid-19 e incentivar as pessoas a ficarem em casa, conteúdo com palestras de Uri Levine, cofundador da Waze, e Ragnar Sass, cofundador da Pipedrive, passam a ficar disponíveis gratuitamente.
Com o avanço do Covid-19, a recomendação é que as pessoas permaneçam em casa — uma medida necessária para desacelerar a proliferação do vírus no Brasil e não sobrecarregar os hospitais. Pensando neste momento de isolamento, o Sebrae liberou todas as palestras do Startup Summit 2019 gratuitamente para o público em geral. O acesso pode ser feito pelo site http://sebrae.sc/palestrasummit2019.
Com mais de 70 horas de conteúdos, divididos em sete trilhas de conhecimento — Tecnologia & Produto, Marketing & Vendas, Cultura & Talentos, Investimento & Internalização, Operação, Ecossistema e Plenária; o objetivo da ação é a divulgação de conhecimento neste período crítico, incentivando que a população fique em casa.
O Startup Summit 2019 ocorreu entre 15 e 16 de agosto, em Florianópolis (SC), e reuniu durante os dois dias mais de 4.000 pessoas, contando com feira de negócios para startups, palco com grandes nomes do empreendedorismo nacional e sete trilhas paralelas de conteúdo. O evento contou com a presença de Uri Levine, cofundador da Waze, e Ragnar Sass, cofundador da Pipedrive, que compartilharam sua trajetória com o público. Outro destaque foi a palestra “Como fazer tudo errado e dar certo?”, do Max Oliveira, cofundador e CEO da Max Milhas.
A programação também trouxe representantes das empresas apontadas pelas consultorias Distrito e KPMG como os prováveis próximos unicórnios do Brasil — empresas de tecnologia avaliadas em mais de US$ 1 bilhão no mercado — como Roberto Mameli, CTO da Creditas; João Del Valle, cofundador e COO da EBANX; Eric Santos, cofundador e CEO da Resultados Digitais; Bernardo Carneiro, sócio diretor da Stone; e Leandro Caldeira , CEO da Gympass.
A organização do Startup Summit acredita que a situação atual do Covid-19 estará controlada nos próximos meses, não impactando a realização do Startup Summit 2020, que pretende reunir o ecossistema nacional de tecnologia e inovação em Florianópolis, entre os dias 20 e 21 de agosto.

Sebrae/SC realiza webinar sobre como reduzir impactos da crise nos pequenos negócios diante da pandemia do Coronavírus

Posted by | Empresarial | No Comments
Com o objetivo de auxiliar os pequenos negócios a lidarem com os prejuízos econômicos diante da pandemia do Coronavírus, o Sebrae/SC realizará nesta quinta-feira, 19, palestra online com o tema “Como reduzir os impactos da crise nos pequenos negócios”. O webinar é gratuito e acontecerá a partir das 10h. O evento será transmitido ao vivo pelas mídias sociais da entidade.
Durante a palestra serão abordados temas como Incentivos Fiscais, Crédito, Relações Trabalhistas, Redução de Custos e Marketing e Vendas. O evento será mediado pelo Diretor Técnico do Sebrae, Luc Pinheiro e terá a participação do Assessor Jurídico do Sebrae, Pedro Pirajá, do Consultor em Gestão do Sebrae, Geraldo Teles, do empresário das Lojas Jbay, Lidomar Bison e da empresária da Pizzaria Milano, Grace Franschini.
Os interessados podem se inscrever gratuitamente no link http://sebrae.sc/webinarimpactos.

NOTA OFICIAL Acibalc – Coronavírus

Posted by | Empresarial, Saúde | No Comments

Considerando as informações recentes sobre o Coronavírus, e levando em conta as orientações da FACISC e do Governo do Estado de Santa Catarina, a diretoria da Acibalc informa que estão SUSPENSOS todos os eventos previstos até 31 de março de 2020.

Este é o momento de agirmos de forma consciente, com foco no coletivo, para evitar a rápida proliferação do COVID-19.

Desejamos que todos passem por este período com a tranquilidade necessária, para que em breve voltemos às atividades normais, com o mínimo de prejuízo para as pessoas.

 

Além disso, a diretoria informa:

 

Reuniões de Núcleos

 

Recomendamos que não haja reuniões presenciais de núcleos até o final do mês de março de 2020. Entretanto, cada grupo tem autonomia para decidir sobre a necessidade de encontros físicos.

Sugerimos que sejam usados os grupos de WhatsApp para deliberações urgentes e/ou o uso de ferramentas de vídeo conferência para encontros online. Aproveitamos para informar que o Google liberou gratuitamente a plataforma Hangouts Meets para videoconferências, aulas e reuniões para até 250 pessoas simultaneamente.

Se houver necessidade de encontros físicos, a sede da entidade estará à disposição.

 

Soluções Empresariais

 

O suporte às soluções empresariais (cartões útil, consulta ao crédito, etc.) seguem normalmente na sede da entidade, em horário comercial. Solicitamos que os contatos sejam feitos preferencialmente por telefone e/ou WhatsApp, evitando a circulação de pessoas.

 

Certificado Digital

 

O atendimento para emissão de certificado digital segue normalmente, em horário comercial, na sede da Acibalc.

 

Informações úteis

 

A Acibalc defende que informação é remédio nestes tempos de fake news. Por isso, selecionamos alguns links para que você, associado, tenha acesso a informações relevantes diretamente das fontes oficiais.

 

Decreto emitido pela Prefeitura de Camboriú com as medidas atuais

 

Decreto emitido pela Prefeitura de Balneário Camboriú com as medidas atuais

 

Decreto do Governo do Estado sobre o funcionamento da Administração Pública

 

Nota do Sebrae sobre setores mais impactados

 

Resolução do Poder Judiciário de Santa Catarina

 

Nota oficial da OAB/SC

 

Oque é, como se prevenir e atualização dos casos no Brasil – Ministério da Saúde

 

Conheça a evolução da doença

 

 

Att.

 

Maria Pissaia

Presidente da Acibalc

 

UniAvan suspende aulas por conta do Coronavírus

Posted by | Educação, Saúde | No Comments

Atendimento à comunidade em todos os setores também foi interrompido.

O Centro Universitário Avantis – UniAvan suspendeu nesta segunda-feira, dia 16, por seis dias, as aulas presenciais da graduação e ensino médio em todas as unidades e polos da instituição. A decisão foi tomada após reunião com o Conselho Superior Universitário – Consun e com o recém-criado Comitê de Crise para monitorar o problema, levando em conta a declaração de pandemia do coronavírus pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e também orientações do Ministério da Saúde. A ação busca prevenir e proteger alunos, colaboradores, professores e comunidade em geral do contágio da COVID-19.

A instituição antecipou seis dias de férias dos alunos dos cursos presenciais, que deverão ser compensados no mês de julho. Já os cursos na modalidade EAD continuam com suas atividades, exclusivamente, por meio da plataforma online de ensino-aprendizagem. Diariamente o Comitê de Emergência avaliará os novos protocolos das autoridades de saúde para definir como ficarão as atividades acadêmicas a partir de 23 de março.

As aulas práticas e estágios ficam suspensos e deverão ser repostos ao final do período de crise. Além disso, foram interrompidos, por período indeterminado, os atendimentos oferecidos à comunidade nas clínicas e núcleos, incluindo atendimento odontológico, acompanhamento psicológico, orientação jurídica, tratamentos de fisioterapia e outros.

Segundo a reitora da UniAvan, Dra. Isabel Regina Depiné Poffo, este é um momento para ações responsáveis, buscando proteger as pessoas e evitar a disseminação do vírus. “O nível de contaminação tende a aumentar nos próximos dias. Desde a confirmação dos casos no país e no nosso estado, estamos em contato diariamente com autoridades de saúde. Entendemos que é o momento de evitar o aglomero de pessoas para protegermos ao máximo toda a comunidade acadêmica e visitantes. Desejamos inspirar atitudes responsáveis de todas as pessoas e instituições neste momento tão delicado”, destacou a reitora.

A partir desta terça-feira, 17, o centro universitário também irá permitir o trabalho home office para professores e funcionários que pertencem a grupos de risco, dentre eles idosos com mais de 60 anos, cardiopatas, pneumopatas, nefropatas, diabéticos, oncológicos e imunossuprimidos em geral. Além disso, estão suspensos todos os eventos na instituição.