O futuro da atividade física

Posted by | 27 de novembro de 2015 | Saúde | No Comments

A opinião entre personais e profissionais de Educação Física é praticamente unânime: o futuro da atividade física é o Treinamento Funcional. Se antes as pessoas interessadas em mais saúde e qualidade de vida chegavam à academia em busca da musculação, hoje a procura é pelo Treinamento Funcional.

 

De acordo com o educador físico da Nine Funcional, André Cezar, que tem uma filial dentro do Espaço Original, o Treinamento Funcional se consolidou como uma opção de atividade física para quem busca mais que uma boa aparência estética. “Ultimamente as pessoas estão buscando viver melhor e o Treinamento Funcional é isso. Ele busca melhorar a qualidade de vida do praticante. Ele vê que aparência física se torna uma conseqüência de todo um treinamento bem feito”, comenta.

 

Foco no movimento

 

André explica que a diferença entre a musculação que conhecemos e o Treinamento Funcional está na maneira como a atividade física acontece. “A musculação trabalha com o isolamento muscular, o foco é o músculo. Já o treinamento Físico Funcional foca nos padrões de movimento naturais do nosso corpo, como puxar, empurrar, agachar e tendo foco no movimento”, frisa.

 

Entre os benefícios do Treinamento Funcional estão melhores respostas neuroendócrinas, como produção de insulina símile, produção natural de testosterona, GH (hormônio do crescimento) e com isso, há ainda o aumento na taxa de metabolismo basal. Os praticantes também sentem melhoria significativa nas funções articulares, na capacidade neuromuscular e na motora do dia a dia. E por ser uma atividade física que frisa o acompanhamento profissional, ou seja, ninguém é largado sozinho com um monte de aparelhos, o risco de lesão é muito baixo e o treino muito mais dinâmico. Valendo lembrar, que não existe restrição de idade para a prática, mas é claro que uma avaliação profissional prévia é imprescindível.

 

Ganho de massa

Por fim, André ainda desmitifica a ideia de que o Treinamento Funcional não é indicado para quem busca ganho de massa magra e definição. “Com certeza existe a hipertrofia no Treinamento Funcional, a única diferença da musculação é que não utilizamos exercícios que tenham isolamento muscular. Trabalhamos com métodos de treinamento que promovem o ganho de massa muscular. Claro que a definição vai depender não só de fatores de treinamento, mas também alimentação”, conclui. 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Solve : *
16 + 17 =